#06| Transição: Como manter os cachos saudáveis?

Quem achava que eu não falaria de cabelo por aqui, não acha mais ahahah. Nosso assunto hoje permeia a cabeça de muita uvinha que não sabe como manter o cabelo com aquele aspecto saudável durante a transição. E mais ainda, esse é um dos motivos pelo qual muitas desistem durante o processo. Tudo bem quem queira desistir da transição durante o processo, mas se o motivo for não conseguir lidar com o cabelo, eu sugiro que insista um pouco mais com você. O resultado valerá muito a pena. Por isso, vim aqui compartilhar com vocês minhas melhores dicas sobre como mantenho meus cachos “saudáveis” durante a transição. Isso mesmo, eu ainda estou na transição e nós cacheadas devemos sempre nos apoiar 🙂

Tenho quase 1 ano e 4 meses que decidi parar de alisar, relaxar ou realinhar meu cabelo. Nesse meio tempo, tinha dias que simplesmente era difícil lidar com meu cabelo e consequentemente eu me sentia feia, porque mulher é assim: se o cabelo está bonito  tudo está bom, mas se o cabelo não tiver…xiiiiiiii…. Minha irmã ( e mentora cacheada porque ela já tinha passado pelo processo antes de mim) me falava sempre: “cara, tu precisa conhecer teu cabelo”. Mas, eu não conseguia saber qual era meu cacho e aquilo era muito frustrante mesmo. Mas, eu aprendi que até descobrir qual meu tipo, eu precisava ENTENDER O MEU CABELO  e reconhecer os nutrientes dos quais ele estava ou está  precisando. Então esse é o passo que eu considero primordial no quesito cuidado capilar. Se não entendemos o que fato nosso cabelo está precisando a gente pode acabar criando uma situação difícil de sair depois.  Depois que a gente compreende nossas madeixas, temos que ter em mente que precisamos de  TRÊS TRATAMENTOS rotineiramente: Hidratação, Nutrição e Reconstrução. Isso serve não apenas para cabelos cacheados, mas os lisos também precisam de toda essa atenção, tanto as intempéries naturais como os processos químicos acabam retirando do nosso cabelo os nutrientes dos quais ele precisa. 

A Hidratação é de todos o mais conhecido, nosso cabelo é uma plantinha e como toda plantinha ele precisa de água. Esse processo serve para repor a água da fibra capilar além de vários outros nutrientes. Isso ajudará ma maciez e na resistência do nosso cabelo.  Dos três processos esse é o que mais faço no cabelo, logo mais mostro como é o meu cronograma capilar.  Essa etapa também é uma das mais simples, entre as minhas máscaras preferidas estão aquelas que contêm óleo de argan ou extrato de bambu. Além de hidratarem deixam um cheiro incrível.

Mas, de vez em quando eu sinto que mesmo após a lavagem meu cabelo ainda parece que está com shampoo, ou seja, ele não fechou as cutículas mesmo com condicionador, além disso ele fica com um aspecto seco como se nunca tivesse visto água na vida. As pontas espigadas e aí, minhas uvinhas, está na hora de repor o óleo no cabelo, isso mesmo, principalmente os cabelos cacheados precisam de óleos que devido a curvatura  dificulta esse transporte de óleos por todo o fio. Então está na hora da Nutrição. Para essa etapa, eu indico o nosso queridinho, o famoso, aquele que todas querem: o óleo de côco. Eu aplico ou com o cabelo sujo e durmo com ele (umectação), lavando pela manhã ou depois de lavar, entre o shampoo e o condicionador antes de fechar as cutículas, deixando entre 15- 20 min. Outra misturinha que eu faço é 1 colher de azeite de oliva + 2 colheres de máscara de hidratação, deixando a mistura por uns 20 min no cabelo. Além disso,  tem um produtinho da salon line  chamado de Maionese Capilar que fez um sucesso no meu cabelo também. Essa variação de receitinhas e produtos faz com que meu cabelo não se acostume com nenhum e posso aproveitar os benefícios de cada um em sua totalidade.

Por último, mas não menos importante e raramente feito por muitas cacheadas temos a Reconstrução, responsável por manter nossos níveis de queratina no cabelo normais. Quando meu cabelo parece quebradiço, como se tivesse sido mastigado por uma vaca eu já sei o que preciso fazer. Além disso quando formos à praia ou piscina esse processo precisa ser realizado. Não com tanta frequência, se você mantém um cronograma com Hidratação e Reconstrução, essa etapa pode ser feita uma vez por mês. Para ela, recomendo a receitinha 1 sachê de gelatina incolor + 1 colher de água morna + 2 colheres de máscara de hidratação, deixa no cabelo depois de lavado com shampoo por uns 20 min. Essa é a minha receitinha preferida. Mas também tenho usado o produtinho da salon line da linha Sopa de Letrinhas “R- Reconstrução”  ele é tiro e queda. 

Fora esses processos tomo outros cuidados  do tipo: deixei de lado produtos que contenham sulfatos, petrolatos e outros -atos que existam. Não uso sempre o mesmo shampoo e intercalo o de crescimento capilar com outro para cacheadas. Além de vez ou outra usar um shampoo detox para limpar meu couro cabeludo ou até mesmo faço uma esfoliação usando a misturinha 1 colher de açúcar + 1 colher de aveia + 1 colher de azeite. Passo essa mistura no couro cabeludo em movimentos circulares, deixo agir por 10 min e lavo o cabelo normalmente.

Você também tem seus segredos para manter o cabelo saudável? Compartilha aqui nos comentários com as amigas.

Bjos!!!

Facebook Comments

23 anos. Cristã SUD (Mórmon). Casada. Mestre em Educação. Blogueira por paixão. Ama música, moda e maquiagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.