E aí galerinha do bem? Com um ano sem usar nenhum produto alisante no cabelo, já posso dar dica, né? Na verdade, já dei. Você se sente a rainha dos cachos quando alguém te para perguntando o que você faz no seu cabelo, não é mesmo? Eu passei por isso, foi beeem legal e hoje eu vim dar algumas dicas sobre o que fiz quando cortei meu cabelo.

1) Não adianta comprar produto demais e de uma vez só

Nem preciso contar que eu fiz isso, não é? Assim que cortei meu cabelo, deixei boa parte do meu dinheirinho no supermercado, especificamente na seção de produtos de cabelo. Comprei muito produto. Ainda hoje tenho itens da minha primeira compra kkk A gente tende a se encantar com o universo cacheado de uma forma inexplicável. O certo é comprar um produto e ir testando para ver qual dá certo para o seu cabelo. Você pode começar com um bom hidratante, creme de pentear, gelatina (só se quiser), um kit de shampoo e condicionador adequado ao cabelo cacheado, um óleo (eu indico o de coco) e uma queratina líquida. Dica bônus: dou preferência a creme que tenham óleos em sua composição como os de argan e coco.

2) Dê preferência ao seu tipo de cacho, ou um mais cacheado

Se seu cabelo tende a ser mais crespo, não adianta nada você comprar produtos para cabelo ondulado, tente comprar produtos que se aproximam mais do que você acha que é seu tipo de cacho ou para mais crespo. Uma dica valiosa é optar pelos cremes mais espessos, aqueles mais “leves” não ajudam tanto com a definição (que é um pouco mais difícil de se conseguir na transição).

3) Mantenha um cronograma capilar

No início, você tem que ser bem fiel quanto aos cuidados capilares, gatinha. Tem que hidratar, nutrir e reconstruir. A hidratação tem que ser feita toda semana porque o cabelo vai precisar muito. Já a nutrição e reconstrução, você pode fazer a cada 15 dias intercalando. Cuidado! Se seu cabelo não estiver precisando de reconstrução não faça, eu já fiz essa besteira e me arrependi hahaha.  O que significa cada uma dessas etapas?

Hidratação– processo de reposição de nutrientes. Só o creme basta, mas tem muitas receitinhas que ajudam a potencializar esse efeito. Mas isso será assunto de outro post.

Nutrição– processo de reposição de óleos que devido a curvatura dos cachos acabam não chegando no cabelo todo e dando aquele aspecto de seco. E é aqui que entra o óleo que falei lá na dica 1. Você pode fazer umectação ou misturar no creme (proporção 1 colher de azeite de oliva -ou óleo de sua preferência- para duas de creme)

Reconstrução– processo de reposição da queratina. Uma das proteínas que nosso cabelo também precisa e que devido a processo de alisamento, vamos perdendo aos pouco, ou até mesmo ações do Sol e tudo mais. Aí você pode aplicar queratina líquida direto nos fios e finalizar com seu creme hidratante, deixa de 15 a 30 minutos e pode retirar do cabelo. Dica bônus: esse processo é muito importante fazer quando você pretende por exemplo descolorir ou pintar  o cabelo, ou simplesmente vai passar uma temporada de férias na praia.

4)Abuse de acessórios

Terá dias que seu cabelo não vai ajudar? Sim, com certeza! Terá dias em que você pensará em desistir ? E como! Mas nada que um bom acessório não resolva. Tenha em mãos uma caixinha de grampos, um lenço, uma fita e pronto! Já pode ir à luta!

5) Não faça outros processos químicos nesse período

Eu fiquei tão empolgada que descolori meu cabelo no primeiro mês hahaha Mas percebi que meu cabelo não estava crescendo como queria e nem nutrido como deveria. Aí eu pintei de preto novamente e redobrei os cuidados. Foi a melhor coisa que fiz.

6) Passe por esse processo da forma que se sentir feliz

Eu cortei logo meu cabelo, mas ainda ficou umas pontinhas lisas. pouco tempo depois, tirei tudo. Mas, outras meninas podem querer esperar. aí você precisa aprender a lidar com as diferentes texturas que seu cabelo pode apresentar nesse processo. Quando der vontade de desistir, procure no Instagram ou em outras redes histórias de garotas que também passaram pela transição e se inspire. Vale muito a pena.

E você? Tem alguma dica que acha importante que toda transicat saiba? Comente aqui!

Até mais!

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.