Ela é vento que sopra depois da tempestade. Brisa que acalma qualquer conturbação. As pessoas olham para aquela garota e a definem como luz. Ele ri fácil, ri de besteira e de coisa séria. Meio boba para tudo. Do tipo otimista, sempre tem “um brigadeiro no copo depois de um dia difícil”. Mas, não era sempre assim tão simples. Ela não conversa com pessoas, conversa com almas e as traz para si. Às vezes, é difícil lidar com tantas dentro de si, que ela chega a parecer meio ácida. Até que encontra alguma outra daquelas almas tão alto astral quanto ela e tudo volta ao normal. Não que normal significa comum, mas ela fica bem. Como um dia completo, tem momentos em que é dia, mas também é noite. Ela conta as horas enquanto espera, mas também conta sorrisos. Ela é espírito livre que se deixa cativar. O que significa que ela rima com todos os sonhos. Se escolhesse ser algo, seria nuvem, sem lugar para onde ir e chuva em qualquer lugar. Os dias ruins são tratados com esperança. Ela não é princesa, bom, não por linhagem. Mas, é por caráter. Pode não ter sido ensinada nos mais altos costumes da etiqueta, mas em seu coração só reina bondade. Ela não precisa ser “passada a limpo”. É rascunho, na verdade borrão. Uma linda obra de arte feita a seu jeito.

Facebook Comments

23 anos. Cristã SUD (Mórmon). Casada. Mestre em Educação. Blogueira por paixão. Ama música, moda e maquiagem.

3 thoughts on “Rascunhos sobre ELA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.